China raciona gastos de papel higiénico

As autoridades querem reduzir o desperdício de papel higiénico e estão a instalar máquinas com reconhecimento facial dos utilizadores.

As autoridades chinesas colocaram em marcha um plano para combater o desperdício de papel higiénico. Segundo explica o El Economista, até agora em cada casa de banho pública estavam a gastar-se 14 rolos de papel higiénico por dia, segundo as informações avançadas pela entidade municipal que gere os parques em Pequim. Trata-se de um número elevado e que levou as autoridades locais a implementar uma campanha de sensibilização nas redes sociais para consciencializar a população, nomeadamente, os turistas sobre o uso responsável das casas de banho públicas.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG