Centeno abre porta a subidas nos impostos da gasolina, carros e crédito

Ministro das Finanças garante que não haverá aumento da carga fiscal em 2017 e diz que seguirá a estratégia assumida em 2016.

Os impostos sobre os combustíveis, tabaco carros e créditos aos consumo podem aumentar de novo em 2017, servindo este agravamento para compensar a eliminação da sobretaxa e algum alívio do lado do IRS através do reforço da sua progressividade. ; Os sinais da estratégia fiscal que será seguida em 2017 foram dados ontem por Mário Centeno que, sem entrar em detalhes, afirmou que as alterações fiscais previstas para 2017 vão seguir o "mesmo padrão" de 2016 - em que aqueles impostos indiretos foram agravados. O IVA deverá ficar de fora desta equação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG