CDS quer caso no Ministério Público se se provar que Constâncio mentiu

“As pessoas não podem vir mentir às comissões de inquérito”, defendeu a vice-presidente do partido e da bancada Cecília Meireles.

O CDS-PP defendeu hoje que, caso se comprove que o antigo governador do Banco de Portugal mentiu à Comissão parlamentar de inquérito sobre a Caixa, o caso deve ser entregue ao Ministério Público porque “tem contornos criminais”.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG