Caso Khashoggi: Donald Trump defende príncipe saudita

Contrariando a CIA, que aponta como culpado pela morte do jornalista o príncipe saudita, Trump afirma manter-se firme ao lado da Arábia Saudita.

Donald Trump comprometeu-se a permanecer como um “parceiro firme” da Arábia Saudita, apesar das acusações que recaem sobre o príncipe do regente saudita, Mohammed bin Salman, à cerca da morte do jornalista Jamal Khashoggi, no mês passado.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG