Carrefour estuda venda da operação na China

Vendas do Carrefour na China recuaram 10% o ano passado, para 3,6 mil milhões de euros

O Carrefour está a estudar várias opções para a sua operação na China, incluindo a venda do negócio, noticiou a Bloomberg citando fontes familiarizadas com o processo. Uma decisão que espelha outros gigantes do retalho que estão a fechar as suas operações neste mercado, como o alemão Metro AG.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos