Capital estrangeiro já está nas startups nacionais mas ainda há muito a fazer

O investimento estrangeiro já não é alheio às startups nacionais. Os fundos internacionais conhecem o ecossistema, investem, mas não na fase inicial.

Já não é caso raro que, quando uma startup nacional anuncia uma ronda de financiamento, um dos investidores seja estrangeiro. Mas nem sempre foi assim. O ecossistema português de empreendedorismo é ainda jovem, quando comparado com outros como o britânico e israelita, e por isso o capital estrangeiro ainda não flui como naqueles locais.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG