Campus da Justiça vendido por 223 milhões de euros

O fundo que detinha o Campus da Justiça, em Lisboa, foi vendido a um outro fundo internacional.

O Jornal de Negócios avança hoje que o Campus da Justiça, em Lisboa, foi vendido a estrangeiros. Os edifícios, situados na zona do Parque das Nações, foram alienados pelo Office Park Expo, participado pelo fundo de pensões do pessoal da Caixa Geral de Depósitos, fundo de estabilização financeira da Segurança Social e Fundação Gulbenkian (que era o único privado no consórcio).

O negócio foi feito "nas últimas semanas" por cerca de 223 milhões de euros, escreve o jornal, acima do valor de balanço.

Além dos edifícios do Campus de Justiça - que se encontram arrendados ao Estado português por um valor mensal de um milhão de euros -, estão ainda em causa o edifício onde funciona um supermercado do El Corte Inglés, duas áreas de estacionamento e um núcleo de postos de transformação afetos à cedência à energia de todo o empreendimento.

Exclusivos

Premium

Flamengo-Grémio

Jesus transporta sonho da Champions para a Libertadores

O treinador português sempre disse que tinha o sonho de um dia conquistar a Liga dos Campeões. Tem agora a oportunidade de fazer história levando o Flamengo à final da Taça Libertadores para se poder coroar campeão da América do Sul. O Rio de Janeiro está em ebulição e uma vitória sobre o Grémio irá colocar o Mister no patamar de herói.