Bruxelas e Frankfurt. "Governo esforça-se pouco no défice estrutural"

"Esforço de consolidação do défice estrutural é insuficiente", dizem as duas instituições na nota sobre a sexta avaliação de vigilância.

Continua a saga das medidas permanentes de redução do défice (estrutural). O governo diz que as tem, mas a Comissão Europeia (CE e o Banco Central Europeu (BCE) não veem onde e como. "O esforço de consolidação estrutural [do défice] é insuficiente", dizem as duas instituições na nota sobre a sexta avaliação de vigilância ao pós-programa de ajustamento, divulgada esta quarta-feira.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG