BCP defende multibanco pago por não concorrer “só com os bancos da esquina”

O CEO do BCP defende que as regras da União Bancária para o multibanco devem ser as mesmas em todos os países.

A polémica voltou a estalar esta quarta-feira, durante uma conferência de banqueiros. Os líderes dos principais bancos nacionais defenderam que os movimentos feitos no multibanco devem ter um custo para os clientes, porque essa é a regra nos restantes países da zona euro.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG