BCE encerra site devido a roubo de dados

Os piratas poderão ter roubado dados sobre os endereços de e-mail, nomes e cargos dos assinantes do BIRD.

O Banco Central Europeu (BCE) anunciou esta quinta-feira que encerrou o site do Dicionário de Reporte Integrado dos Bancos (BIRD na sigla inglesa), depois deste ter sofrido um ataque de phishing.

"Partes não autorizadas violaram as medidas de segurança que protegem o site do BIRD, que é hospedado por um provedor externo", refere um comunicado do BCE divulgado hoje.

"Como resultado, é possível que os contatos [mas não as passwords] de 481 assinantes do boletim informativo do BIRD possam ter sido capturados. As informações afetadas consistem nos endereços de e-mail, nomes e cargos dos assinantes", adianta.

O banco central "está a contactar pessoas cujos dados podem ter sido afetados".

O BCE conseguiu detetar o ataque "durante o trabalho de manutenção regular". No ataque ao site, os piratas conseguiram "injetar malware no servidor externo para auxiliar as atividades de phishing", explica o BCE.

"O site externo do BIRD foi fechado até novo aviso. Nem os sistemas internos do BCE nem os dados sensíveis ao mercado foram afetados", garante.

A página do BIRD na Internet fornece aos bancos detalhes sobre como produzir relatórios estatísticos e de supervisão e é fisicamente separado de qualquer outro sistema externo e interno do BCE.

"O BCE leva a segurança dos dados extremamente a sério. Informamos a Autoridade Europeia para a Proteção de Dados sobre o ataque. O BCE está a tomar as medidas necessárias para garantir que o site possa retomar as operações com segurança", conclui.

* jornalista do Dinheiro Vivo

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG