Banco de Portugal: Lone Star é o preferido na corrida ao Novo Banco

Banco central escolhe o grupo americano mas mantém em aberto a continuação das negociações com outros proponentes

O Banco de Portugal comunicou esta quarta-feira à noite ter escolhido o grupo norte-americano Lone Star para prosseguir o processo negocial para a aquisição do Novo Banco.

Em documento publicado no seu site oficial, a entidade reguladora da banca informa, no entanto, que esta escolha não é definitiva, uma vez que a proposta do Lone Star "apresenta condicionantes, nomeadamente um potencial impacto nas contas públicas, que se procurarão minimizar ou remover no aprofundamento das negociações que agora se inicia".

Em causa estará a inclusão na proposta de uma garantia do Estado, que a acontecer poderá agravar o défice orçamental.

O Banco de Portugal prossegue informando que "esta nova fase de negociações com o potencial investidor Lone Star não exclui a melhoria das propostas dos restantes potenciais investidores que entregaram propostas no âmbito dos dois procedimentos de venda - Procedimento de Venda Estratégica e Procedimento de Venda em Mercado - e que já mostraram disponibilidade para o fazer".

Ou seja, os outros interessados podem melhorar as suas propostas e prosseguir no processo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG