Anónimo oferece 4 milhões de euros para almoçar com bilionário

Dinheiro é revertido na totalidade para instituição de caridade de São Francisco, que tem contado com o apoio de Warren Buffett.

Um anónimo ofereceu um recorde de 4 567 888 dólares (pouco mais de quatro milhões de euros) no leilão anual de caridade realizado pela fundação Glide. O prémio é uma refeição privada com Warren Buffett, o bilionário presidente da Berkshire Hathaway, um conglomerado presente em variadíssimos setores da economia norte-americana, da aeronáutica à ferrovia, das seguradoras aos media, além de participações em outras grandes empresas como a Apple ou a Coca-Cola.

A oferta do benemérito anónimo daria para adquirir 15 ações de Classe A da Berkshire Hathaway, as ações mais caras do mundo. O vencedor vai ter a possibilidade de levar até sete amigos num restaurante de Manhattan para o encontro com Buffett, que já fez saber que falará de qualquer tema exceto sobre os seus próximos investimentos.

O leilão deste ano, que decorreu no Ebay, atraiu 18 licitações de cinco candidatos e a licitação vencedora foi quase um terço maior do que o recorde anterior, atingido nos leilões de 2012 e 2016. As receitas são canalizadas para a fundação Glide, instituição de São Francisco, na Califórnia, que trabalha com os mais carenciados, com os sem-abrigo e em projetos de desintoxicação.

Ao longo dos anos Buffett, de 88 anos, angariou mais de 34 milhões de dólares (30,4 milhões de euros) para a fundação Glide através dos leilões. "O Sr. Buffett está empenhado em continuar o leilão enquanto puder. Tem sido um importante parceiro na reflexão sobre o futuro da Glide, e em como prepará-lo para os próximos 50 anos", disse a presidente da fundação Karen Hanrahan à Reuters.

O orçamento da Glide é dividido entre o fornecimento de 2.000 refeições gratuitas por dia, formação profissional, creche e atividades extracurriculares para crianças, além de fornecerem abrigo e disponibilizarem testes de VIH e de hepatite C. " É tremendo", reagiu Karen Hanrahan, sobre a importância do leilão. "Vai ajudar muitos milhares de pessoas nesta cidade."

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG