Portugal e mais 14 países da UE reclamam teto para preço do gás

Estados-membros defendem que medida ajudará a mitigar a pressão inflacionista e a limitar os lucros extraordinários no setor.

Dinheiro Vivo

Quinze Estados-membros, entre os quais Portugal, subscreveram a carta conjunta enviada na terça-feira à Comissão Europeia a reclamar um teto para o preço do gás importado, matéria que deverá ser discutida no Conselho extraordinário de Energia de sexta-feira.

Subscrita por 12 Estados-membros ao início de terça-feira - Bélgica, Itália, Espanha, Portugal, Polónia, Grécia, Malta, Lituânia, Letónia, Eslovénia, Croácia e Roménia -, a missiva dirigida à comissária europeia da Energia, Kadri Simson, reuniu ainda ao longo do dia mais três assinaturas, incluindo a da ministra da transição energética de França, a que se juntaram Bulgária e Eslováquia, de acordo com a versão final, à qual a Lusa teve acesso.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia