Amazon teve o trimestre mais lucrativo de sempre

Empresa obteve lucro de 452 milhões de euros. O CEO Jeff Bezos passa a ser o quarto homem mais rico do mundo

A Amazon fechou o primeiro trimestre de 2016 com um lucro de 452 milhões de euros (513 milhões de dólares), o que contrasta com o prejuízo de 50,2 milhões de euros (57 milhões de dólares) no mesmo período do ano passado.

Este é o maior lucro por trimestre alguma vez registado pela companhia. O anterior máximo, de 425 milhões de euros, tinha sido conseguido nos últimos três meses de 2015.

As receitas, até ao final de março deste ano, ascenderam a 25,5 mil milhões de euros (mais 28% em comparação com o período homólogo), impulsionadas principalmente pelas vendas do leitor de livros eletrónicos Kindle, pelos tablet Fire e pelos serviços informático na cloud.

Estes resultados conseguidos ultrapassaram as melhores expectativas dos analistas e da própria empresa. Para o segundo trimestre, a Amazon espera vendas entre os 24,6 e os 26,8 mil milhões de euros, o que, a confirmar-se, traduzir-se-á num crescimento homólogo entre 21% e 32%.

De acordo com a Forbes, Jeff Bezos, o fundador e CEO da empresa, ascendeu assim ao quarto lugar na lista dos mais ricos do mundo, ultrapassando o multimilionário mexicano Carlos Slim, detentor de um império na área das telecomunicações.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG