Águas. Privados querem que regulador fique fora dos contratos

Empresas querem que regras das PPP das águas continuem a ser definidas a cada concurso, mas admitem maior partilha de ganhos com municípios.

As empresas privadas de águas estão contra a possibilidade de ser o regulador a definir tarifas, incentivos e critérios de qualidade dos contratos de concessão assinados com empresas municipais. A posição é defendida esta quarta-feira, dia em que a associação do sector promove uma conferência sobre desafios de eficiência e regulação nas águas e num momento em que está nas mãos do governo uma proposta para mudar as regra, revistas pela última vez em 2014.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG