Acabar com a reforma antecipada para desempregados seria “duro”

O ministro Vieira da Silva discorda da recomendação da OCDE para eliminar o acesso à reforma antecipada para os desempregados de longa duração.

É uma das onze propostas do relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económicos sobre o sistema de pensões em Portugal. “Eliminar a opção para os desempregados de longa duração de acederem à reforma demasiado cedo e sem todas a penalizações aplicadas a outras reformas antecipadas”, lê-se no documento. A proposta está lá, mas o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSSS) diz que “não está completamente de acordo”.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG