40 mil participantes. Web Summit arranca com lotação esgotada

Evento arranca esta segunda-feira com Francis Hogan, denunciante do Facebook, como cabeça de cartaz. Carlos Moedas e Siza Vieira dão as boas-vindas.

A Web Summit, a cimeira tecnológica que colocou Portugal no mapa dos investidores e startups tecnológicas mundiais, ocupará a Altice Arena a partir de hoje e até quinta-feira, voltando a realizar-se presencialmente, com 40 mil participantes. Foi este o número autorizado pela Direção-Geral da Saúde para a realização do evento e que o fundador e CEO da Web Summit não esperava que fosse alcançado. "Analisámos os dados iniciais, pensámos, talvez dez mil pessoas e os meses passaram. E a cada mês que passava esses números mudavam. Dissemos às autoridades e ao governo, OK, parece que 15 ou 20 mil pessoas, talvez 30 mil. E esse número será agora o da capacidade máxima", revelou Paddy Cosgrave em entrevista ao Dinheiro Vivo.

Nesta casa cheia incluem-se mais de mil oradores, 1500 jornalistas, 700 investidores e 1250 startups e parceiros, de acordo com os números avançados pela organização.

Hoje estará em palco Paddy Cosgrave, juntamente com o novo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, e o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, para lançar o evento. Neste primeiro dia a cimeira contará com a intervenção de Francis Hogan, a antiga colaboradora do Facebook e agora denunciante da rede social, Libby Liu, presidente executiva da Whistleblower Aid, Ayo Tometi, cofundadora do movimento Black Lives Matter e Nicolas Julia, CEO e cofundador da empresa Sorare.

O tema central da edição de 2021 da Web Summit é a sustentabilidade. "Temos mais de 200 startups e oradores a apresentar, a exibir, centrados nas SDG [sigla em inglês de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável] da ONU", sublinhou Paddy Cosgrave ao Dinheiro Vivo. "Penso que não há maior questão do que o clima", acrescentou.

As grandes tecnológicas não faltarão, com a presença de Craig Federighi, da Apple e Werner Vogels, da Amazon. O leque de oradores convidados é grande e de vários setores. Por exemplo, Stephen Kaufer, CEO da Tripadvisor e Horacio Gutierrez, do Spotify, passarão por lá. E há também atores e desportistas, entre eles Nikolaj Coster-Waldau, ator da Guerra dos Tronos, Daniela Melchior, atriz portuguesa que entra no filme Esquadrão Suicida, o ex-futebolista Iker Casillas, e os medalhados nacionais Patrícia Mamona e Fernando Pimenta. E também do mundo do entretenimento, a apresentadora Cristina Ferreira.

Daniela Braga, da Defined.ai, Vasco Pedro, da Unbabel, António Dias Martins, da Startup Portugal, Andy Brown, CEO da Galp e Edmundo Martinho, presidente da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa são algumas das empresas e entidades nacionais que vão pisar o palco principal da Web Summit. A Comissão Europeia também marca presença, e Elisa Ferreira é uma das participantes.

A fechar e o evento, e como tem sido habitual, estará o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Carla Alves Ribeiro é jornalista do Dinheiro Vivo

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG