1.º de Maio. Sindicato da distribuição refere grande adesão à greve

Já as empresas falam em normalidade.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos