William Carvalho apresentado no Betis: "Se ganhar a Liga Europa corto o bigode"

O médio ex-Sporting confessou que a escolha foi "muito difícil", pois tinha outras propostas. Mas ficou convencido depois de conhecer o projeto e a ambição dos sevilhanos

William Carvalho foi nesta terça-feira apresentado oficialmente como reforço do Betis de Sevilha, clube da I Liga espanhola, e deixou uma promessa aos jornalistas. "Fica prometido. Se ganhar a Liga Europa corto o bigode", disse, arrancando gargalhadas aos jornalistas e aos dirigentes espanhóis presentes na conferência de imprensa.

O médio ex-Sporting explicou depois os motivos que o levaram a aceitar a proposta dos sevilhanos. "Foi uma decisão muito difícil, pois tinha algumas propostas, mas escolhi o Betis. Pensei em conjunto com a minha família e estou muito contente com a escolha que fiz e de poder fazer parte desta estrutura. Espero conseguir retribuir dentro do campo a confiança que tiveram em mim. Escolhi o Betis pelo projeto que me foi apresentado. É um clube com muita ambição e com uns adeptos fantásticos. Foi isso que pesou na minha escolha. E também pela confiança que me deu todo o staff do clube", confessou.

William revelou que pediu conselhos a Joel Campbell e a Piccini, seus antigos colegas de equipa no Sporting que também representaram o Betis: "Sim, falei com eles. Um e outro disseram-me que se trata de um clube grande, com adeptos fantásticos. Disseram-me que se tivesse uma proposta devia aceitar." O internacional português disse ainda que não teve oportunidade de falar com Cristiano Ronaldo sobre a sua transferência para a Liga espanhola e adiantou que Sergio Busquets, do Barcelona, é uma das suas referências.

A transferência de William vai render no imediato 16 milhões de euros ao Sporting, podendo o clube de Alvalade receber mais quatro milhões mediante objetivos. Os leões ficam ainda com o direito a 25% de uma eventual transferência do médio, sendo certo que 20% poderão ser adquiridos pelo Betis por uma valor de dez milhões de euros.

O acordo selado entre os dois clubes prevê também que caso o Betis garanta a qualificação para a Liga dos Campeões, o clube espanhol fica obrigado a comprar mais 10% do passe por cinco milhões de euros.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG