Vieira anuncia conclusão das obras do Seixal em janeiro

O presidente do Benfica revelou a estratégia a seguir no jantar de Natal do clube num dos pavilhões do Estádio da Luz

Luís Filipe Vieira anunciou esta quinta-feira no jantar de Natal que as obras de ampliação do centro de treinos do Seixal estarão concluídas em janeiro.

"É o nosso presente de Natal e de Ano Novo. Um Caixa Futebol Campus ainda mais forte, apetrechando o clube com um dos mais avançados complexos desportivos de futebol do mundo. Que faremos questão de abrir e mostrar a todos os benfiquistas", assegurou o presidente do Benfica a funcionários, treinadores, atletas, colaboradores e elementos dos órgãos sociais, num total de 1300 pessoas que marcaram presença nos pavilhões do Estádio da Luz.

O líder encarnado destacou o "orgulho" no percurso do Benfica nos últimos ano: "Que nos orgulha, sim, seja ao nível do património construído e recuperado, dos resultados financeiros, mas sobretudo dos resultados desportivos. Que nos orgulha porque todos sabemos qual a nossa missão, a nossa estratégia e o nosso rumo - em que a aposta passa pelo reforço das nossas infraestruturas, da nossa formação, da inovação e na valorização dos nossos recursos humanos", frisou.

Vieira destacou ainda os feitos desportivos que o Benfica tem alcançado. "No campo desportivo voltámos aos tempos do tri, até de um único tetra, de novas finais europeias, de grandes vitórias nas modalidades de pavilhão e projeto Benfica Olímpico. Consolidámos a estratégia de aposta nos atletas formados no Benfica", adiantou, antes de traçar as metas para 2019: "Para este ano o mote é a Reconquista, para consolidar uma hegemonia que muito trabalho nos deu a conquistar."

O plano financeiro também não foi esquecido pelo líder encarnado, que aproveitou ainda para dar uma bicada aos rivais. "No sector financeiro, a recuperação prometida foi efetuada. O Estádio da Luz, o Caixa Futebol Campus e todos os ativos são totalmente nossos. Colocámos a nossa dívida bancária a níveis residuais, gerindo o Clube com total independência. Aqui não existe necessidade de intervenções da UEFA, pelo contrário, continuamos a ser apontados a nível internacional como exemplo de boa gestão e boas práticas. Aqui não existem credores à porta, continuamos, sim, com os melhores e mais prestigiantes parceiros e patrocinadores, que fizeram questão de nos reiterar a sua confiança mantendo o apoio ao nosso clube", frisou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG