Vídeoárbitro avariado durante meia hora no FC Porto-V. Guimarães

Problema técnico na primeira parte, entre os 15 e os 45 minutos. Segundo golo do FC Porto muito contestado

A primeira parte do FC Porto-V. Guimarães acabou com polémica, com os vitorianos a protestarem fortemente o segundo golo portista, marcado por André Pereira numa situação que pareceu de claro fora-de-jogo, mas que foi validado pela equipa de arbitragem liderada por Fábio Veríssimo.

Durante o intervalo, o Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol informou, através do Twitter, que o videoárbitro (a cargo de Bruno Paixão) não funcionou entre o minuto 15 e 45 da partida, devido a um problema técnico.

Após testes realizados ao intervalo, o VAR pôde ser utilizado nos segundos 45 minutos.

.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG