FC Porto. Uribe pede desculpa e diz que a noitada foi um "mal-entendido"

O médio colombiano garante que Marshesín, Saravia e Luis Díaz deixaram a festa de aniversário da sua mulher à meia-noite e que ele foi descansar nesse preciso momento.

Mateus Uribe, médio do FC Porto, recorreu à rede social Instagram para pedir "desculpa" pela noitada no dia de aniversário da sua mulher Cindy Alvarez García, aproveitando para garantir que os seus companheiros Saravia, Luis Díaz e Marchesín deixaram a sua casa "à meia-noite".

O internacional colombiano, que tal como os companheiros foi cortado da convocatória para o jogo com o Boavista, garante que se trata de um "mal-entendido", até porque a festa continuou no jardim entre a sua mulher e os restantes convidados, enquanto Uribe garante que foi "descansar".

Nesse sentido, garante estar "1000% comprometido com o FC Porto", fazendo questão de dizer que continuará a "dar o melhor" e agradecer "a todos os adeptos" que o apoiaram.

Eis a mensagem na íntegra:

"Desculpas... É a única palavra que devo dizer neste momento a todas as pessoas que enviaram mensagens para minha esposa e para mim.

Compreensão... É a palavra que quero que tenham de mim, o meu profissionalismo não deve ser posto em causa por alguns meios que exageraram sobre esta situação sem saber o que realmente aconteceu, simplesmente distorcendo as publicações nas redes sociais. A minha pergunta para eles é a seguinte: Onde estava sua ética e a veracidade das notícias?

Na sexta-feira, comemorei o aniversário da minha esposa, como qualquer ser humano faria, em família e com amigos próximos, uma celebração saudável, rodeada por pessoas que amamos. À meia-noite, depois que meus colegas saíram, fui descansar, pois no dia seguinte não tínhamos treino nem nada do tipo. A minha família sabe, como eu, que a prioridade número um no momento é cuidar da minha condição física para ter o desempenho ideal para um jogador de futebol profissional.

A minha esposa, os seus amigos e a sua família continuaram na festa porque era no jardim da minha casa; por esse motivo, os média e as pessoas alheias ao evento dizem que eu estava lá até as cinco da madrugada. O que é totalmente falso.

Para aqueles que duvidaram de mim, peço que revejam minha carreira desportiva, na qual sou avaliado como um jogador profissional, ético e comprometido.

No momento, estou 1000% comprometido com o FC Porto e continuará sendo assim, o meu pensamento é sempre dar o meu melhor. Obrigado a todos os adeptos do Porto que me apoiaram neste mal-entendido. Que Deus os abençoe."

Exclusivos