Último treinador do Sp. Braga a não perder com o Benfica foi Conceição

Os bracarenses são, para muitos, o mais duro obstáculo para as águias até final do campeonato, mas da teoria à prática tem havido uma grande diferença. Os encarnados venceram os últimos oito duelos com os minhotos.

O Sporting de Braga é das equipas que mais respeito metem na I Liga, ocupando habitualmente o quarto lugar, imediatamente a seguir aos chamados três grandes. Porém, o Benfica tem tornado fácil os últimos jogos do campeonato diante dos bracarenses, somando por vitórias os derradeiros oito. Este domingo, novo duelo, agora com o aliciante extra de, em caso de vitória, o Benfica deixar bem encaminhadas as contas do campeonato, fruto do empate de sexta-feira do FC Porto em Vila do Conde.

Na última vez que as águias não venceram um duelo diante do Sp. Braga em jogos relativos ao campeonato, o treinador dos minhotos era... Sérgio Conceição, que agora está bastante interessado em que a malapata dos arsenalistas termine. A 26 de outubro de 2014, Talisca inaugurou o marcador na Pedreira, mas Éder e Salvador Agra deram a volta e a vitória ao Sp. Braga, que nesse jogo contou com Rafa, hoje um dos homens em maior destaque no clube da Luz. Samaris, Salvio e Jonas foram os três jogadores utilizados pelo então técnico benfiquista Jorge Jesus que este domingo poderão ser lançados por Bruno Lage, sendo que há quatro anos e meio André Almeida e Pizzi não saíram do banco.

Daí para cá, oito jogos para a I Liga, oito vitórias do Benfica, que com maior ou menor dificuldade tem conseguido levar de vencida os guerreiros do Minho. Curiosamente, sete desses triunfos foram por dois ou mais golos de diferença. A exceção foi a 19 de fevereiro de 2017, curiosamente num encontro arbitrado por Tiago Martins, que vai dirigir o jogo deste domingo. Um golo solitário de Kostas Mitroglou aos 80 minutos acabou por desequilibrar a balança a favor dos homens de Rui Vitória.

Ainda assim, esta não é a melhor série de vitórias no histórico de confrontos entre as duas equipas, uma vez que os encarnados bateram por 12 vezes consecutivas os bracarenses entre abril de 1989 e janeiro de 1995.

Neste período, o 3-1 para o Benfica tem sido o resultado mais comum, tendo-se registado nos jogos da Luz de 2016/17 e de 2017/18, mas também no da Pedreira na época passada. Porém, houve duas goleadas: 5-1 a 1 de abril de 2016 e os 6-2 da primeira volta nesta época, ambos em Lisboa.

Apesar de os duelos com o Sp. Braga serem de dificuldade elevada, o Benfica conseguiu marcar nos últimos 18 para o campeonato. É necessário recorrer 31 de outubro de 2009 para encontrar o último em que as águias ficaram em branco. Na altura, os minhotos eram orientados por Domingos Paciência e venceram a equipa de Jorge Jesus por 2-0 na Pedreira, com golos de Hugo Viana e Paulo César.

Num total de 125 jogos para o campeonato, o Benfica venceu 84, empatou 28 e perdeu 12. Em Braga, o clube da Luz triunfou por 34 vezes, empatou 16 e perdeu 11.

Empate do FC Porto dá margem de erro

Se desde o empate caseiro com o Belenenses até esta jornada o Benfica sabia que seria campeão se vencesse todos os jogos até ao fim independentemente dos resultados do FC Porto, os dois pontos que o campeão nacional deixou escapar esta sexta-feira em Vila do Conde, no empate a dois golos com o Rio Ave, vieram dar alguma margem de erro às águias, que agora podem conceder um empate desde que vençam depois os três jogos que ficam a faltar.

Na antevisão da visita a Braga, Bruno Lage lembrou que os dragões é que lideram o campeonato, ainda que com mais um jogo disputado do que as águias, e não pretende ver a equipa fiar-se na margem de erro que ganhou."Sinceramente, nós nem falámos nisso. Senti a mesma alegria e determinação dos jogadores na preparação do jogo. Neste momento o FC Porto é líder e nós temos de fazer o nosso trabalho. Estamos em segundo e a nossa intenção, independentemente do adversário, é sempre vencer. Tem de ser jogo a jogo, final a final. Temos de olhar para o nosso jogo e conquistar os nossos pontos. O jogo foi preparado da mesma forma que os outros", referiu o treinador do Benfica.

Com vantagem sobre o FC Porto no confronto direto - 1-0 na Luz e 1-2 no Dragão -, o Benfica, depois da deslocação deste domingo a Braga, recebe o Portimonense (32.ª jornada) e o Santa Clara (34.ª) e visita o Rio Ave (33.ª) até final do campeonato. A equipa de Sérgio Conceição joga no Dragão com Desp. Aves (32.ª) e Sporting (34.ª) e pelo meio viaja até à Madeira para defrontar o Nacional (33.ª).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG