UEFA pune Sérvia com jogo à porta fechada por racismo no jogo com Portugal

A federação sérvia vai cumprir a pena na partida com o Luxemburgo, a 14 de novembro, e terá ainda de pagar uma multa de 33 250 euros.

A UEFA puniu esta segunda-feira a Sérvia com um jogo à porta fechada, devido a manifestações racistas durante a partida com Portugal, disputado em Belgrado, que terminou com a vitória da equipa das quinas por 4-2, em jogo da fase de qualificação para o Euro 2020.

Além do castigo de um jogo à porta fechada, que será cumprido na receção ao Luxemburgo a 14 de novembro, a Federação sérvia terá de pagar uma multa de 33 250 euros.

A seleção sérvia ficará ainda sujeita a um período de "liberdade condicional" de um ano, a iniciar-se três dias antes de receber a Ucrânia, que já assegurou o apuramento, no último jogo do grupo B da fase de qualificação.

Esta sanção da UEFA à Servia é conhecida numa altura em que aquele organismo avalia ainda o caso dos insultos racistas de um grupo de adeptos búlgaros no jogo frente à Inglaterra, que motivou uma interrupção da partida por parte do árbitro, a qual só recomeçou depois de esse grupo de adeptos ter abandonado o estádio.

Exclusivos