UEFA diz que são as federações que decidem sobre os seus campeonatos

O vice-presidente Michele Uva anunciou que a UEFA vai dar um prazo limite para que cada uma das federações anuncie que entra na próxima Champions e Liga Europa.

Michele Uva, vice-presidente da UEFA, anunciou esta segunda-feira que será cada uma das federações nacionais a decidir sobre os seus próprios campeonatos no caso de estes não chegarem ao final. Ou seja, no caso de Portugal, será a Federação Portuguesa de Futebol em conjunto com a Liga a serem responsáveis por definir o campeão, as vagas europeias e as descidas de divisão no caso de não terminar o campeonato por causa da pandemia de coronavírus.

"Cada federação tem liberdade e soberania para decidir sobre o seu próprio campeonato, e por isso poderá fixar as datas que considere e decidir, juntamente com a respetiva Liga profissional, sobre os campeões, as subidas e as descidas", afirmou, ao canal de televisão o Mediaset Itália, o braço direito do presidente Aleksander Ceferin, acrescentando que "a UEFA vai definir a data limite para receber as listas de equipas qualificadas para a próxima edição das próximas competições continentais", ou seja, Liga dos Campeões e Liga Europa.

Na prática, cada uma das federações nacionais terá um prazo limite para finalizar os respetivos campeonatos, pelo que se isso não acontecer terão de ser elas a anunciar os participantes das competições da UEFA de 2020-21, sendo elas a estabelecer os critérios.

"A UEFA tem 55 federações e cada uma delas tem necessidades diferentes e uma realidade diferente, por isso estarão livres para ver como termina a época. Contudo, a UEFA marcará uma data para nos fornecerem a lista das equipas que irão à Europa", sublinhou Michele Uva.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG