UEFA abre processo a Ronaldo por causa dos festejos contra o At. Madrid

Avançado português da Juventus não resistiu a "responder" a Simeone depois de marcar os três golos que deram a passagem da equipa italiana aos quartos-de-final da Liga dos Campeões

É oficial: a UEFA abriu um processo disciplinar a Cristiano Ronaldo por conduta imprópria nos festejos do apuramento da Juventus após a eliminatória com o Atlético de Madrid.

O avançado português, que fez os três golos com que a equipa italiana deu a volta à eliminatória (depois da derrota por 2-0 em Madrid), não resistiu a responder ao treinador dos espanhóis, Diego Simeone, que no jogo da primeira mão tinha feito um gesto com as mãos junto aos genitais, numa alusão às grandes... "bolas" que a sua equipa mostrara frente à Juventus nessa partida.

Ora, depois do hat-trick com que deu a volta à eliminatória em Turim, Cristiano Ronaldo respondeu na mesma moeda, com gestos semelhantes. E a UEFA, que tinha multado Simeone em 20 mil euros por aqueles gestos na primeira mão, abriu agora também um procedimento disciplinar contra Ronaldo.

O avançado da Juventus está acusado de "conduta imprópria" pela violação dos artigos 11.2be 11.2d do regulamento disciplinar da UEFA. A decisão do Comité de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA sobre o eventual castigo de Ronaldo sairá da reunião de quinta-feira, 21 de março.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG