Protesto interrompe etapa da Volta a França e polícia usa gás lacrimogénio

A 16.ª etapa da Volta a França foi temporariamente neutralizada, após um protesto de agricultores, nos primeiros quilómetros, após a partida de Carcassone

A 16.ª etapa da Volta a França em bicicleta foi esta terça-feira temporariamente neutralizada, após um protesto de agricultores, nos primeiros quilómetros, após a partida de Carcassone.

Nas imagens televisivas foi possível ver, junto ao percurso, vários tratores e fardos de palha, que foram atirados para a estrada, obrigando à interrupção da corrida, quando estavam percorridos 29 quilómetros.

Através da transmissão televisiva foi também possível observar vários ciclistas a lavar os olhos, alegadamente devido ao uso de gás lacrimogénio por parte da polícia. Alguns tiveram mesmo de receber tratamento, mas não se registou nenhum caso grave.

De acordo com a equipa QuickStep-Floors, esse gás lacrimogénio terá sido utilizado pela polícia para dispersar os manifestantes, acabando por afetar também alguns corredores.

A corrida acabou por recomeçar, mas de forma neutralizada por alguns minutos, quando faltavam 187,7 quilómetros para o final da tirada, que liga Carcassone a Bagnères-de-Luchon.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG