Sporting pagou sete milhões em comissões entre compras e vendas

SAD dos leões informou CMVM sobre as transferências de jogadores realizadas no verão. Empréstimo de Jése Rodriguéz custou dois milhões de euros.

O Sporting informou esta terça-feira a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) de todos os negócios feitos no mercado de transferências de jogadores (entradas e saídas) durante o verão, concluindo-se que a SAD leonina gastou sete milhões de euros em comissões.

Veja aqui todas as contas sobre transferências.

Segundo o comunicado enviado à CMVM, a SAD leonina gastou 20,5 milhões de euros no reforço do plantel, tendo pago 1,367 milhões de euros em comissões. Em termos de vendas, o clube encaixou 42 milhões euros, mas estas implicaram o pagamento de 5,55 milhões de euros em comissões em despesas de intermediação.

Os negócios que envolveram comissões mais elevadas foram as vendas de Raphinha ao Lille (2,5 milhões de euros num negócio que rendeu 21 milhões) e de Bas Dost ao Eintracht Frankfurt (2 milhões de euros numa transferência de sete milhões).

A SAD do Sporting anunciou ainda que o empréstimo de Jesé Rodríguez por parte do PSG teve um custo de dois milhões de euros, ficando os leões com direito de opção de compra no final da época. Cedências de Fernando e Bolasie não tiveram custos.

Exclusivos

Premium

Gastronomia

Quem vai ganhar em Portugal as próximas estrelas Michelin

É já no próximo dia 20, em Sevilha, que vamos conhecer a composição ibérica das estrelas Michelin para 2020. Estamos em festa, claro, e festejaremos depois com os nossos bravos, mesmo sabendo que serão poucos para o grande nível a que já chegámos. Fernando Melo* escreve sobre os restaurantes que podem ganhar estrelas Michelin em 2020 em Portugal.