Sporting oficializa Rúben Amorim e confirma que pagou 10 milhões de euros

Leões anunciaram a contratação do treinador ao Sp. Braga. Amorim traz dois adjuntos consigo. Emanuel Ferro e Tiago Ferreira transitam da equipa técnica de Silas. Minhotos informam que o pagamento é feito em duas prestações.

Está finalmente confirmado oficialmente. O Sporting anunciou esta quinta-feira, através de um comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a contratação do treinador Rúben Amorim ao Sporting de Braga, confirmando que pagou à SAD dos arsenalistas 10 milhões de euros, o valor da cláusula de rescisão do técnico.

No comunicado à CMVM, os leões informam que Rúben Amorim traz consigo dois elementos da equipa técnica do Sporting de Braga, Adélio Cândido e Carlos Fernandes, e que Emanuel Ferro e Tiago Ferreira se vão manter nos cargos, transitando da era Jorge Silas.

Entretanto, a SAD dos bracarenses comunicaram à CMVM que o pagamento dos 10 milhões de euros por parte do Sporting será feito em "duas prestações" de cinco milhões de euros, que terão de ser pagas, a primeira até ao dia 6 de março de 2020 e a segunda até 5 de setembro também deste ano. Além disso, os leões comprometem-se ainda a pagar juros no valor de 155 mil euros referentes ao período entre os dois pagamentos.

O treinador vai já nesta quinta-feira e manhã dar o primeiro treino (chegou à Acaddemia de Alcochete por volta das 8.00) e será apresentado em conferência de imprensa às 15.00. A estreia está marcada para domingo, na receção ao Desportivo das Aves, em Alvalade.

A contratação de Rúben Amorim já era conhecida desde terça-feira. Foi o próprio Jorge Silas que na conferência de imprensa após a derrota em Famalicão, quando anunciou a sua saída, falou aos jornalistas do colega, desejando-lhe boa sorte no novo projeto. A oficialização por parte do Sporting chegou a estar prevista para quarta-feira, mas devido à operação Fora de Jogo e às buscas que a SAD do Sporting foi alvo, só nesta quinta-feira os leões comunicaram a contratação de forma oficial.

Rúben Amorim vai tornar-se no sexto treinador do Sporting desde que Frederico Varandas assumiu a presidência do clube, em setembro de 2018, depois de José Peseiro, Tiago Fernandes (interino), Marcel Keizer, Leonel Pontes (interino) e Silas.

Rúben Amorim, de 35 anos, foi apresentado como treinador da equipa principal do Sporting de Braga em 27 de dezembro do ano passado e, oito dias depois, na sua estreia, em 4 de janeiro de 2020, foi ao Estádio do Jamor golear o Belenenses SAD por 7-1.

O jovem técnico apresentou desde logo uma grande novidade em relação a Ricardo Sá Pinto: um esquema tático 3x4x3, que nunca mais largou, e que, em 13 jogos, deu ao Sporting de Braga 10 vitórias, duas das quais valeram uma Taça da Liga, um empate e duas derrotas (ambas na Liga Europa, frente ao Rangers).

Entre 17 de janeiro e 15 de fevereiro, o Sporting de Braga venceu por cinco vezes os três grandes, algo inédito no clube. Duas vezes o FC Porto (2-1 na Liga, no Dragão, e 1-0 na final da Taça da Liga, em Braga), outras duas o Sporting (2-1 na meia-final da Taça da Liga e 1-0 no campeonato, ambas em casa) e uma vez o Benfica (1-0), na Luz, apenas a segunda vitória dos minhotos na casa das águias, o que já não acontecia há 66 anos.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG