Sporting (re) apresenta esta terça-feira... Bruno Fernandes

Às 12.00 haverá uma cerimónia no relvado para marcar o regresso do médio a Alvalade. É o primeiro dos nove que rescindiram a voltar ao Sporting

Bruno Fernandes, tal como o DN adiantou na tarde deste sábado em primeira mão, está de regresso ao Sporting. O regresso será feito em grande com uma apresentação em pleno relvado nesta terça-feira às 12.00.

O Sporting comunicou à comunicação social a realização de um evento. "A Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD, informa que irá decorrer um evento amanhã, dia 10 de Julho, pelas 12 horas, no relvado do Estádio José Alvalade"

Ao que o DN apurou junto de fonte bem colocada no processo o evento tem como figura central Bruno Fernandes, o primeiro dos nove que rescindiram, a regressar a Alvalade.

Bruno Fernandes rescindiu a 11 de junho, no mesmo dia que William Carvalho e Gelson Martins, quando já se encontrava em solo russo para representar a seleção nacional no Mundial 2018. Desde que fez entrar a rescisão unilateral, Bruno Fernandes foi associado a vários clubes, entre os quais o Benfica. Quando chegou a Portugal, após a eliminação no Mundial, o médio de 23 anos admitiu a possibilidade de regressar a Alvalade e ironizou com o interesse do clube da Luz.

Uma coisa é certa, Bruno Fernandes terá rubricado um novo contrato, com uma possível melhoria de contrato, resta saber se mantém a cláusula de rescisão que estava cifrada em 100 milhões de euros.

Relembre-se que dos jogadores que rescindiram unilateralmente com o Sporting, Rui Patrício ruma ao Wolverhampton e Daniel Podence ao Olympiacos. E nenhum dos dois clubes chegou, para já, a acordo com o Sporting. William Carvalho, Gelson Martins, Rúben Ribeiro, Battaglia, Bas Dost e Rafael Leão ainda não têm o futuro definido. Bruno Fernandes regressa ao Sporting, clube pelo qual na época passada fez 16 golos em 56 encontros.

Exclusivos

Premium

Contratos públicos

Empresa que contratava médicos para prisões não pagou e sumiu

O Estado adjudicou à Corevalue Healthcare Solutions, Lda. o recrutamento de médicos, enfermeiros, psicólogos e auxiliares para as prisões. A empresa recrutou, não pagou e está incontactável. Em Lisboa há mais de 30 profissionais nesta situação e 40 mil euros por pagar. A Direção dos Serviços Prisionais diz nada poder fazer.