Sporting anuncia acordo para a reestruturação financeira

A SAD leonina enviou um comunicado à CMVM onde explica os termos do novo acordo e garante que está "em cumprimento perante os bancos"

A SAD do Sporting informou a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que chegou a um acordo para a reestruturação financeira, comunicando que foram alterados os contratos de financiamento entre o Grupo Sporting e os bancos Millennium BCP e o Novo Banco.

O acordo abrange a opção de compra dos Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis (VMOC), tendo sido fixado um preço unitário de 0,30 euros, além da alteração das condições de reembolso obrigatório da dívida, sendo que baixaram de 50% para 30% a percentagem de afetação de fundos relativa à venda de passes de jogadores.

Leia o comunicado na íntegra:

"A SPORTING CLUBE DE PORTUGAL -FUTEBOL, SAD ("Sporting SAD" ou "Sociedade") vem, nos termos e para efeitos do cumprimento da obrigação de informação que decorre do disposto no artigo 248.º-A n.º 1 do Código dos Valores Mobiliários, e no seguimento da informação já prestada ao mercadoem relação ao acordo de reestruturação financeira e societária do Grupo Sporting, informar que foram formalizadas as alterações aos contratos de financiamento entre o Grupo Sporting e os bancos Millennium bcp e Novo Banco, tendo sido acordado, designadamente, o seguinte:

a) Opção de compra dos Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis (VMOC): alteração dos termos da opção de compra dos VMOC tendo sido fixado um preço unitário fixo correspondente a 0,30 € por VMOC, obrigatoriamente extensível à totalidade dos VMOC denominados "Valores Sporting 2010" e "Valores Sporting 2014" que sejam detidos pelos Bancos à data do exercício da opção de compra, sujeito à obrigação de utilização exclusiva dos saldos futuros das Contas Reserva para aquisição de VMOC;

b) Alteração de diversas condições de reembolso obrigatório e reforço das Contas Reserva, nomeadamente:

(i) a redução da percentagem de afectação de fundos do "Excesso de venda de passes de jogadores" de 50% para 30%, na proporção de 15% ao reembolso antecipado obrigatório e 15% ao reforço das Contas Reserva; e

(ii) a redução da percentagem do mecanismo de Cash Sweep de 60% do Cash Flow Disponível após Serviço da Dívida Permitida para 20%, a afectar na proporção de 10% ao reembolso antecipado obrigatório e 10%ao reforço das Contas Reserva.

No âmbito deste acordo, o Grupo Sporting procedeu à regularização de todas as obrigações pecuniárias vencidas, encontrando-se assim em cumprimento perante os Bancos."

Exclusivos

Premium

Espanha

Bolas de aço, berlindes, fisgas e ácido. Jovens lançaram o caos na Catalunha

Eram jovens, alguns quase adultos, outros mais adolescentes, deixaram a Catalunha em estado de sítio. Segundo a polícia, atuaram organizadamente e estavam bem treinados. José Manuel Anes, especialista português em segurança e criminalidade, acredita que pertenciam aos grupos anarquistas que têm como causa "a destruição e o caos" e não a luta independentista.