Belenenses joga "sempre para atacar" e com o FC Porto não será diferente

Silas não assina empate com o FC Porto mas reconhece que a sua equipa vai sofrer nalguns momentos do jogo. Avançado Tiago Caeiro, lesionado, e reforço André Santos, sem condição física, estão fora do clássico

O treinador Silas afirmou este sábado que o Belenenses joga "sempre para atacar" e assegurou que a premissa não será diferente na receção ao FC Porto, da segunda jornada da I Liga portuguesa de futebol."

Jogamos sempre para atacar. Às vezes teremos de defender, porque o FC Porto nos vai obrigar a isso, mas vamos procurar atacar. Durante a semana, o trabalho sempre mais o ataque organizado e, esta semana, não foi diferente. Se não jogarmos assim, não temos hipóteses contra FC Porto, Benfica, Sporting", disse Silas, em conferência de imprensa.

Na antevisão da partida de domingo, no Estádio Nacional, em Oeiras, o técnico deixou claro que não 'assina' antecipadamente empates, apesar de admitir que o Belenenses "terá de sofrer em alguns momentos" do jogo.

"Não quero empates. O empate deixa a sensação de que andamos ali 90 minutos para nada. Prefiro empatar do que perder, claro, mas, se puder, quero é ganhar", vincou.

Contudo, Silas considerou que a formação de Belém terá mais possibilidades de vencer se repetir o rendimento apresentado na primeira parte frente ao Tondela (1-0): "Se for como a segunda, não teremos possibilidades de ganhar ao Porto."

Ainda assim, o treinador lembrou que o Belenenses vai defrontar "o campeão nacional, a melhor equipa do ano passado" e que arrancou a I Liga com uma goleada sobre o Desportivo de Chaves (5-0).

"Começaram a I Liga com uma vitória por 5-0, que os coloca já como melhor ataque. Continuam muito fortes e, no último jogo, apresentaram nove jogadores que eram titulares na época anterior. Nós, é o contrário. No onze tivemos seis jogadores novos e mais dois que entraram. Temos uma ligeira desvantagem nesse aspeto. Eles têm mais tempo de trabalho acumulado", analisou.

Além de Tiago Caeiro, lesionado, o Belenenses não irá contar com André Santos, último reforço anunciado e que continua à procura da melhor condição física.

"O André traz experiência no futebol nacional e internacional, tem capacidade para sair da zona de pressão em condução, qualidade de passe e capacidade de se associar com os outros médios. Vai melhorar também a nossa capacidade física. Conheço-o muito bem, porque jogámos juntos (na União de Leiria, em 2009/10)", transmitiu.

Belenenses e FC Porto jogam neste domingo, a partir das 18.30, no Estádio Nacional, em Oeiras.

Exclusivos