Sérgio Conceição e Zé Luís : "Não me importava que ele estivesse sempre triste e a fazer golos"

Treinador portista admitiu que é fundamental vencer o Vit. Guimarães na 21.ª jornada da I Liga, domingo (17.30).

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, admitiu este sábado que "é fundamental" vencer o Vitória de Guimarães, ena 21.ª jornada da I Liga de futebol. O técnico dos dragões defendeu que vai ser "um jogo de extrema dificuldade" perante "uma das equipas mais difíceis da Europa a jogar em casa".

"Eu disse que o jogo com o Benfica era muito importante, mas não era decisivo, disse isto na antevisão do clássico. Decisivos são todos os jogos até ao fim da época. O campeonato não depende de nós, temos de encurtar distâncias e só ganhando é que conseguimos isso. O nosso foco é esse, trabalhar da melhor forma possível para que possamos conquistar os três pontos. Não sabemos qual é o jogo decisivo do campeonato. É fundamental não perder pontos à medida que o campeonato se aproxima do fim", referiu, antes de revelar que Pepe volta a ser baixa por lesão. Quanto a Danilo "está bem melhor" e pode ser opção.

Sobre o adversário, Conceição mostrou ter a lição bem estudada: "É um adversário muito forte, que joga bem e no seu estádio, talvez das equipas mais difíceis, não só no panorama nacional, mas mesmo na Europa. Na Liga Europa teve jogos conseguidos contra adversários que têm peso e nome. É uma equipa bem trabalhada, orientada, com excelentes jogadores, é uma tarefa bastante difícil para nós, conheço bem a paixão dos adeptos, o quão é difícil jogar naquele ambiente."

Os dois últimos golos do avançado do FC Porto Zé Luís, em cada um dos jogos das meias-finais da Taça de Portugal, frente ao Académico de Viseu, não foram festejados pelo jogador de forma efusiva. Confrontado com essa questão, o treinador garantiu que não importa que o jogador cabo-verdiano ande triste, desde que continue a marcar.

"Não me importava que ele estivesse sempre triste e a fazer golos, se ele andar triste e a cada jogo fizer um golo que permita à equipa ganhar, andamos todos contentes depois. O Zé teve um período aqui muito bom, depois teve alguns problemas no joelho, impediram-no de estar disponível algum tempo. Entretanto não teve tanto protagonismo e o futebol é isto. Ciclos naquilo que é a prestação de cada jogador, mas isso é o que quero, um grupo competitivo, para cada posição temos jogadores que lutam diariamente pelo seu espaço", afirmou.

Sérgio Conceição acrescentou que o clima no balneário portista é bastante descontraído e alegre e garantiu que este tipo de suposições sobre os atletas não faz sentido: "Se tivessem oportunidade de observar o balneário, a alegria que se vive ali, o companheirismo, de certeza que essa pergunta não faria sentido. Agora, se calhar não foi tão efusivo por uma ou outra razão, tem a ver com o próprio jogo, não há história nisso."

O jogo entre o Vitória de Guimarães e o FC Porto, relativo à 21.ª jornada da I Liga de futebol, joga-se às 17.30 de domingo, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG