Sérgio Conceição: "Belenenses é das poucas equipas da Europa que não perderam fora"

Treinador portista fez esta sexta-feira a antevisão da receção deste sábado ao Belenenses (20.45), a contar para a 4.ª eliminatória da Taça de Portugal

O FC Porto parte como favorito para a receção deste sábado (20.45) ao Belenenses, a contar para a 4.ª eliminatória da Taça de Portugal. No entanto, Sérgio Conceição mostrou estar atento e salientou o registo do adversário nos jogos fora: "O Belenenses é, a par de algumas grandes equipas na Europa, das poucas que não perderam fora na Liga. É fiel ao que são os seus princípios, gosta de ter bola, de jogar a partir de trás. Fora, dá mais atenção à missão defensiva e isso traduz-se nos bons resultados que tem tido fora do Jamor. Esperamos um jogo difícil. Cabe-nos assumir a responsabilidade de ganhar e passar esta eliminatória. Somos o FC Porto e queremos demonstrá-lo, não pela camisola nem pelo símbolo, mas sim pela atitude que teremos no jogo. É isso que faz a diferença, é fundamental para ganhar jogos. Mais do que qualquer estratégia e conhecimento, o fundamental será o estado de espírito."

Apesar do póquer de Adrián López na ronda anterior, diante do Vila Real, o treinador portista garantiu que o ponta de lança da equipa será outro. "Vou abrir uma exceção e dizer que o ponta de lança vai ser o Tiquinho", revelou, mas admitindo também que há espaço para o espanhol no onze: "Se vocês se lembrarem, o Adrian jogou sobre o lado esquerdo quando fez o poker. Muitas vezes, antes, jogou na frente com dois avançados."

Sobre a guerra de palavras entre Iker Casillas, seu jogador, e José Mourinho, seu compatriota e antigo treinador, Sérgio Conceição foi perentório: "O que é q eu tenho a ver com isso? Conheço José Mourinho há muitos anos, foi meu treinador, mas isso não é um problema que me diga respeito e não foi comentado no balneário. Até estive agora no treino a falar com Casillas e não falámos nada disso. Para nós assuntos menores ficam à porta do Olival. Tenho uma relação com os jogadores muito frontal e sincera. O único problema que tenho é quando não jogam e estão mais desiludidos e tristes."

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG