Rui Vitória no Al-Nassr por época e meia

Segundo soube o DN, o ex-treinador do Benfica chegou esta terça-feira a acordo para orientar o Al-Nassr por época e e meia.

Rui Vitória acaba de aceitar o convite do Al-Nassr da Arábia Saudita. O ex-treinador do Benfica assina contrato por uma época e meia com o clube atualmente treinado por Hélder Cristóvão e começa já em janeiro a trabalhar no novo clube.

Confirma-se assim a notícia do DN que há um mês deu conta do interesse dos árabes no então técnico encarnado, que na altura desmentiu. "Não há nada para falar em relação a isso, deixem-nos trabalhar à vontade. Estou aqui com enorme gosto e prazer e não estou aqui para comentar propostas. Irei ficar no Benfica, estou muito bem", garantiu o técnico após o empate com o Desp. Aves, para a Taça da Liga.

Agora que saiu do Benfica, o técnico aceitou o desafio a troco de seis milhões de euros por ano. E vai assim reeditar os duelos com Jesus na Arábia Saudita.

O clube árabe já tinha tentado contratar Leonardo Jardim, que chegou a ir conhecer as instalações, mas declinou o convite abrindo espaço para um convite a Rui Vitória. Com este acordo de Vitória com os sauditas, o Benfica fica livre da responsabilidade de continuar a pagar-lhe o ordenado até ele ter novo clube, conforme o acordo de rescisão de contrato.

O Al-Nassr é atualmente segundo classificado do campeonato, atrás do líder Al Hilal, de Jorge Jesus, e tem sido orientado interinamente por Hélder Cristóvão, antigo treinador da equipa B das águias, enquanto não chega o novo treinador.

Sediado em Riade, o clube foi fundado em 1955 pelos irmãos Husein e Zeid Al-Ja'ba, que foram também os primeiros trabalhadores do clube que só em 1960 se profissionalizou. É o segundo clube saudita com mais títulos de campeão (oito), depois do Al-Ittihad. Têm ainda seis Taças do Rei e três Taças do Príncipe.

Tem ainda no seu historial uma presença na final na Champions da Asia, em 1995, tendo perdido, por 1-0, com o Seongnam, no Estádio Internacional Rei Fahd, e uma presença no Mundial de Clubes da FIFA em 2000, tendo jogado e perdido com o Real Madrid (3-1). Apesar da derrota com os merengues, o Al-Nassr ganhou o prémio fair play da competição.

Atualmente é presidido pelo príncipe Faisal Bin Turki Al-Saud e sonha com Jonas do Benfica para reforçar o ataque.

Exclusivos

Premium

Alentejo

Clínicos gerais mantêm a urgência de pediatria aberta. "É como ir ao mecânico ali à igreja"

No hospital de Santiago do Cacém só há um pediatra no quadro e em idade de reforma. As urgências são asseguradas por este, um tarefeiro, clínicos gerais e médicos sem especialidade. Quando não estão, os doentes têm de fazer cem quilómetros para se dirigirem a outra unidade de saúde. O Alentejo é a região do país com menos pediatras, 38, segundo dados do ministério da Saúde, que desde o início do ano já gastou mais de 800 mil euros em tarefeiros para a pediatria.