Robben apontado ao Benfica

A notícia do jornal Bild surge num artigo de opinião assinado por um jornalista que acompanha o Bayern Munique há mais de uma década. O Internacional holandês de 35 anos está de saída do clube bávaro no final da temporada.

Arjen Robben, internacional holandês de 35 anos que está de saída do Bayern Munique no final da época, foi esta terça-feira apontado ao Benfica. A notícia surge numa coluna de opinião assinada na secção de desporto do jornal alemão Bild pelo jornalista Raimund Hinko, que acompanha a equipa bávara há mais de uma década.

O texto é sobretudo um elogio ao jogador holandês que está há 10 anos no Bayern Munique. E é no final que surge a associação ao Benfica, com o jornalista a falar das várias hipóteses que o jogador tem em carteira. Desde o Groningen, onde começou a carreira, passando pelo PSV Eindhoven e o Ajax, e o Benfica, que segundo Raimund Hinko já terá mesmo iniciado conversas.

Nascido para o futebol em Groningen, passou pelo PSV antes de chegar à elite europeia pela porta do Chelsea então orientada por José Mourinho. Depois de três anos em Stamford Bridge, esteve duas épocas no Real Madrid antes de iniciar um percurso de uma década no Bayern Munique, conseguindo sagrar-se campeão de Inglaterra, Espanha e Alemanha.

Na Baviera, viveu o ponto alto da carreira em 2012/13, quando marcou o golo decisivo, aos 89 minutos, que permitiu aos germânicos a conquistar a Liga dos Campeões na final frente aos compatriotas Borussia Dortmund em Wembley, tido sido eleito o homem do jogo para a UEFA.

Também pela seleção holandesa jogou ao mais alto nível, tendo sido finalista vencido do Mundial 2010, ficando célebre um lance em que, isolado, permitiu a defesa de Iker Casillas. Quatro anos depois, arrecadou a medalha de bronze no certamente que decorreu no Brasil. No total, somou 93 internacionalizações pela laranja mecânica, a primeira das quais frente a Portugal, num jogo de preparação em abril de 2003. Esteve ainda nos Campeonatos da Europa de 2004, 2008 e 2002, assim como no Mundial 2006.

Exclusivos