Quando a Croácia deixou os ingleses desolados

Croatas venceram em Wembley por 3-2 e deixaram Inglaterra de Beckham, Lampard e Gerrard de fora da fase final do Euro 2008.

Inglaterra e Croácia vão esta quarta-feira (19.00) defrontar-se por um lugar na final do Mundial 2018, e embora tenham mais tradição nestas andanças, os ingleses já passaram um mau bocado com os croatas.

A 21 de novembro de 2007, na última jornada de qualificação para a fase final do Campeonato da Europa do ano seguinte, os britânicos recebiam os já apurados balcânicos no então recém-reinaugurado Wembley e precisavam apenas de empatar para garantirem o apuramento.

Tudo parecia estar a conjugar-se para a qualificação da Inglaterra de David Beckham, Frank Lampard ou Steven Gerrard, mas a Croácia decidiu estragar a festa. Com Luka Modric (então jogador do Dínamo Zagreb) a titular e Ivan Rakitic (na altura ao serviço do Schalke 04) no banco até aos 84 minutos, os croatas chegaram ao 2-0 em apenas um quarto de hora, através de golos de Kranjcar (8') e Ivica Olic (14').

O cenário de não qualificação dos três leões começava a pairar nos céus de Londres, mas golos de Frank Lampard (56', de grande penalidade) e Peter Crouch (65') repuseram a igualdade. Mais uma vez, tudo se parecia estar a conjugar para o lado inglês, mas Mladen Petric decidiu marcar o golo (77') que deixou Inglaterra de fora de uma fase final pela primeira vez desde 1994.

Após o apito final, o selecionador Steve McClaren foi o primeiro a dirigir-se para o balneário, tendo sido imediatamente demitido e substituído pelo italiano Fabio Capello. No relvado ficaram craques como David Beckham, Frank Lampard e Steven Gerrard, desolados pelo resultado e por ficarem a saber que teriam de seguir o Euro 2008... pela televisão.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG