Pulisic marca 'hat-trick' e Chelsea segura quarto lugar na liga inglesa

Blues venceram o Burnley, por 4-2, em jogo da décima jornada da liga inglesa.

O norte-americano Christian Pulisic contribuiu com um hat-trick para a vitória do Chelsea sobre o Burnley, por 4-2, em jogo da 10.ª jornada da Liga inglesa de futebol, que permitiu aos blues segurarem o quarto lugar este sábado.

O extremo internacional pelos Estados Unidos marcou aos 21, 45 e 56 minutos, e o brasileiro Willian aumentou a vantagem dos londrinos, aos 58, antes de Jay Rodríguez e Dwight McNeil reduzirem para os clarets, aos 86 e 89, respetivamente.

Pulisic, que foi contratado pelo Chelsea ao Borussia Dortmund no início da época, tornou-se o segundo norte-americano a marcar um hat-trick na Premier League, criada em 1992, sucedendo a Clint Dempsey, que marcou três vezes no triunfo do Fulham sobre o Newcastle (5-2), em 20 de janeiro de 2012.

O Chelsea conquistou a quarta vitória seguida na prova e mantém-se no quarto lugar, com 20 pontos, os mesmos do Leicester, terceiro, que na sexta-feira 'arrasou' o Southampton (9-0).

O Everton, treinado pelo português Marco Silva, perdeu por 3-2 no terreno do Brighton e continua a 'desiludir'. O alemão Pascal Gross adiantou os seagulls aos 15 minutos, mas os toffees, que tiveram o internacional português André Gomes a tempo inteiro, deram a volta ao marcador, com um autogolo de Adam Webster, aos 20, e um golo de Dominic Calvert-Lewin, aos 74.

O Brighton repôs a igualdade aos 80 minutos, por Neal Maupay, e ainda conseguiu chegar ao triunfo, aos 90+4, na sequência de uma 'infelicidade' do francês Lucas Digne, que desviou um cruzamento para a própria baliza.

O Everton, que é 15.º classificado, somou a quinta derrota nos últimos seis jogos na liga inglesa e, com 10 pontos, está apenas dois acima da zona de despromoção, tendo, inclusive, sido ultrapassado pelo Brighton, que tem 12.

West Ham e Sheffield United empataram 1-1 em Londres, com golos de Robert Snodgrass para os hammers, aos 44 minutos, e do francês Lys Mousset, para os 'blades', aos 69, sendo que ambas as equipas somam 13 pontos, os mesmos do Bournemouth, que registou um nulo (0-0) no terreno do lanterna-vermelha Watford, a única formação ainda sem qualquer vitória na prova.

No primeiro encontro do dia, o Manchester City segurou o segundo lugar e colocou-se provisoriamente a três pontos do líder Liverpool, ao bater em casa o Aston Villa por 3-0, com tentos de Raheem Sterling, aos 46 minutos, do belga Kevin De Bruyne, aos 65, e do alemão Ilkay Gundogan, aos 70.

O conjunto orientado pelo catalão Pep Guardiola, que acabou reduzido a 10, por expulsão do brasileiro Fernandinho, aos 87 minutos, passou a somar 22 pontos, mantendo-se dois acima do Leicester, que na sexta-feira tinha saltado, provisoriamente, para o segundo posto, ao golear fora o Southampton por 9-0, com hat-tricks do espanhol Ayoze Pérez e de Jamie Vardy.

O campeão europeu Liverpool, que na última ronda perdeu os primeiros pontos (1-1 no reduto do Manchester United), joga no domingo, em Anfield Road, face ao Tottenham, numa reedição da última final da Liga dos Campeões (2-0 para os reds).

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG