PSG precisou de prolongamento para eliminar adversário do terceiro escalão

O Paris Saint-Germain (PSG) precisou de 102 minutos para marcar um golo aos amadores do Villefranche, equipa do terceiro escalão do futebol francês, e assegurar uma vaga nos quartos de final da Taça de França.

A equipa da casa resistiu até final do tempo regulamentar e acabou por cair somente no prolongamento, numa altura em que os seus jogadores já acusavam o desgaste a que foram forçados para travar o maior poderio do PSG.

Só ao minuto 102 é que os campeões de França lograram abrir o marcador, através do internacional alemão Julian Draxler, assistido por Edinson Cavani, e a partir daí a resistência do Villefranche colapsou.

Moussa Duaby fez o segundo golo, aos 113 minutos, e Edinson Cavani o terceiro, aos 119, ambos com assistências de Kylian Mbappé.

O Rennes também assegurou esta quarta-feira um lugar nos quartos de final ao vencer na receção ao Lille por 2-1, numa partida em que a equipa visitante jogou 71 minutos com menos um jogador por expulsão do central Adama Soumaoro, aos 19 minutos, por uma entrada de carrinho sobre um adversário.

Esta expulsão forçou o treinador do Lille, Christophe Galtier, a sacrificar o internacional sub-21 de Portugal Rafael Leão, que seria substituído aos 22 minutos pelo costa-marfinense Yves Dabyla, para reequilibrar a equipa em termos táticos.

O Lille, mesmo em inferioridade numérica, abriu o marcador aos 65 minutos, pelo avançado costa-marfinense Nicolas Pepe, e só baqueou no último quarto de hora, período em que sofreu dois golos do mesmo jogador, o avançado Theoson Siebatcheu, que bisou aos 74 e 90+1.

Pela equipa do Lille foram titulares os portugueses José Fonte, Xekha e Rafael Leão, com o primeiro a alinhar durante os 90 minutos, o segundo a ser substituído aos 83 por Boubakary Soumare e o terceiro logo aos 22.

Já garantiram um lugar nos quartos de final as equipas do PSG, Nantes, Dijon, Caen, Rennes, Orléans (segundo escalão), Vitre (quarto escalão), faltando apurar apenas uma equipa que sairá da partida Guingamp-Lyon, na quinta-feira.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG