Peter Cech vai ser guarda-redes de hóquei no gelo

O antigo dono da baliza do Chelsea e do Arsenal retirou-se do futebol e assinou contrato com os Guildford Phoenix.

O checo Petr Cech, antigo guarda-redes do Chelsea e do Arsenal, terminou a sua carreira de futebolista no final da época passada, mas esta quarta-feira surpreendeu toda a gente ao anunciar que assinou contrato com os Guildford Phoenix, equipa da liga inglesa de hóquei no gelo.

Cech continuará a ser guarda-redes, agora num desporto que adora desde criança. "Espero conseguir ajudar esta jovem equipa a alcançar os seus objetivos", disse o antigo futebolista de 37 anos, que irá ainda dividir o seu tempo com o cargo de conselheiro técnico do Chelsea.

"Após 20 anos de futebol profissional, essa será uma experiência maravilhosa para praticar o desporto que eu adorava assistir e jogar quando era criança", referiu aquele que será o terceiro guarda-redes da equipa que milita no segundo escalão da liga inglesa do hóquei no gelo.

"A contratação de Petr Cech é enorme para os Phoenix. É um grande homem, que treina duro e mal posso esperar para vê-lo fazer sua estreia", disse o treinador Andy Hemmings, que está consciente que só poderá contar com o seu novo guarda-redes quando a sua agenda como diretor do Chelsea o permitir, uma vez que os Guildford Phoenix são uma equipa semi-profissional.

A estreia de Petr Cech pode ser já no domingo, quando a sua nova equipa defrontar o Swindon Wildecats.

Exclusivos

Premium

Livro

Antes delas... ninguém: mulheres que desafiaram o domínio masculino

As Primeiras - Pioneiras Portuguesas num Mundo de Homens é o livro com as biografias de 59 mulheres que se atreveram a entrar nas profissões só de homens. O DN desvenda-lhe aqui oito dessas histórias, da barrista Rosa Ramalho à calceteira Lurdes Baptista ou às 'Seis Marias' enfermeiras-paraqueditas, entre outras