Oficial: Óliver Torres deixa o FC Porto e assina pelo Sevilha

Médio espanhol deixa os dragões e assina contrato de cinco temporadas com o emblema treinado por Julen Lopetegui.

O Sevilha anunciou esta segunda-feira a a contratação de Óliver Torres, médio espanhol do FC Porto, que assinou um contrato válido por cinco temporadas. O emblema do país vizinho, que é treinado por Julen Lopetegui, não especificou, contudo, quanto pagou pela transferência, que de acordo com a imprensa espanhola será de cerca de 12 milhões de euros.

Óliver chegou a Sevilha no domingo à noite e esta segunda-feira realizou os habituais exames médicos, assinado posteriormente o contrato. O clube espanhol já oficializou a transferência através das redes sociais e o jogador foi apresentado ao início da tarde. "Estou convencido que aqui vou ser feliz", disse.

O médio de 24 anos chegou ao Dragão na temporada 2014/15, inicialmente cedido pelo Atlético de Madrid. Mas em fevereiro de 2017, a SAD portista comprou o passe do jogador por 20 milhões de euros. Óliver participou num total de 146 jogos e marcou 12 golos, mas na era Sérgio Conceição nunca foi verdadeiramente primeira opção na equipa titular.

"Com ele [Julen Lopetegui] tive a sorte de passar bons momentos da minha vida. É um privilégio e um orgulho jogar no Sevilha. Sei que é um clube exigente. É uma sorte poder estar aqui. O objetivo é o trabalho diário e a partir daí vamos crescendo. Há gente nova que precisam absorver os valores e identidade do Sevilha. Quando se tem um treinador que conhece as nossas capacidades, isso é importante. Quando me falaram do interesse do Sevilha nem pensei duas vezes", referiu Óliver.

O médio espanhol, entretanto, despediu-se dos adeptos do FC Porto com uma longa mensagem nas redes sociais, admitindo estar a sentir sentimentos contraditórias, com "a tristeza de uma despedida" a misturar-se com a felicidade de continuar a jogar. "Nunca é fácil a despedida de um lugar que adoras e que sentes como uma casa. Foram quatro anos especiais", escreveu o médio espanhol na sua conta no Instagram, em alusão às épocas em que representou o FC Porto.

"Vivi numa cidade mágica, conheci pessoas incríveis, cumpri o sonho de ser campeão com esta camisola, compreendi toda a mística que rodeia o clube e senti a raça de dragão da minha pele", referiu.

O jogador, que teve duas passagens pelo FC Porto - a primeira em 2014/15 e a segunda a partir de 2016/17 -, diz ter conhecido "adeptos fantásticos", que sempre o apoiaram, além de toda uma estrutura no clube: colegas, treinadores, cozinheiros, jardineiros ou roupeiros. "A todos obrigado, fizeram-me crescer enquanto futebolista, mas acima de tudo enquanto pessoa", acrescentou.

Na mensagem, o espanhol diz ainda que se sentiu "adorado e respeitado" por uma "claque exigente", mas "leal, como poucas", assinalando que o maior património do FC Porto "são os adeptos". "Hoje os nossos caminhos separam-se, mas sempre haverá algo que nos une e isso é o sentimento pelo FC Porto. Despeço-me como jogador, mas nunca como um adepto, isso será para sempre. Obrigado por tudo!", concluiu Óliver.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG