Oficial: Frank Lampard é o novo treinador do Chelsea

Londrinos anunciaram que o antigo médio do clube volta a Stamford Bridge como treinador, depois de ter orientado o Derby County na época passada

O Chelsea oficializou esta quinta-feira a contratação de Frank Lampard como novo treinador do clube. O antigo médio dos blues, 41 anos, assinou por três temporadas neste regresso a uma casa onde passou 13 temporadas, entre 2001 e 2014.

O antigo internacional inglês estreou-se nos bancos na época passada ao serviço do Derby County, do Championship (II liga inglesa), tendo ficado perto da subida à Premier League, depois de ter perdido a final do playoff frente ao Aston Villa. Em 57 jogos oficiais como treinador, somou 24 vitórias, 17 empates, 16 derrotas e um registo de 90-70 em golos.

"Estou imensamente orgulhoso por voltar ao Chelsea como treinador principal. Toda a gente sabe do meu amor por este clube e a história que partilhámos, no entanto, o meu foco está no trabalho que temos em mãos e em preparar a época que aí vem. Estou aqui para trabalhar arduamente, trazer sucesso ao clube e não posso esperar por começar", afirmou Lampard, em declarações reproduzidas pelo site do clube.

Frank Lampard conquistou quatro campeonatos, outras tantas Taças de Inglaterra, duas Taças da Liga, duas Supertaças, uma Liga Europa e uma Liga dos Campeões ao serviço do Chelsea, equipa que capitaneou. Em 648 jogos pelo emblema de Stamford Bridge, apontou 211 golos, o que faz dele o máximo goleador da história do clube.

Foram deles os dois golos que deram em 2005, no terreno do Bolton, o primeiro título inglês ao Chelsea em 50 anos, às ordens de José Mourinho. Os seus 164 jogos consecutivos na liga inglesa entre 2001 e 2005 é ainda um recorde para um jogador de campo.

Impedido de contratar

Refira-se que o Chelsea está proibido pela FIFA de contratar futebolistas até à janela de transferências de julho de 2020 e foi condenado a pagar uma multa de cerca de 535 mil euros, por infringir os regulamentos na contratação de jogadores menores de idade.

"O Comité Disciplinar sanciona o Chelsea com a proibição de registar novos jogadores, a nível nacional e internacional, nos dois próximos e consecutivos períodos", informou em fevereiro o organismo que tutela o futebol mundial, depois de os blues terem sido acusados de contratar 29 jogadores menores de idade.

Além desta restrição, é necessário salientar que o Chelsea já perdeu este verão a principal estrela da equipa, o extremo belga Eden Hazard, transferido para o Real Madrid por 100 milhões de euros.

Exclusivos