O que diz a imprensa italiana sobre os primeiros golos de Ronaldo

Os jornais online destacam o final do jejum de CR7 e há quem avance que o primeiro golo vai para o museu do Funchal

A imprensa italiana deu especial destaque aos primeiros dois golos de Cristiano Ronaldo ao quarto jogo na Série A italiana. O desportivo Gazzetta dello Sport começa o seu texto sobre a vitória da Juventus sobre o Sassuolo por 2-1 com aquilo que se ouviu no estádio quando a bola bateu pela primeira vez no fundo da rede da baliza: "Uuuuhhh." Uma exclamação que diz representar "uma mistura de alegria e libertação".

Terá sido mesmo essa sensação que sentiu CR7 nesse momento. Aliás, na sua conta no Instagram deixou uma mensagem que exemplifica bem o desejo que sentia em quebrar o jejum pelo seu novo clube. "Estou muito feliz por ter feito o meu primeiro bis com a camisola da Juve e sobretudo por ter contribuído para esta importante vitória", escreveu, em italiano, o internacional português.

O Corriere dello Sport fala em "Juventus em festa, finalmente CR7" e na sua apreciação ao jogo diz que o português "quebrou o feitiço" e "marcou um dos golos mais fáceis da carreira para desbloquear 320 minutos de silêncio ofensivo", numa referência ao primeiro golo, no qual só teve de empurrar a bola na pequena área.

Já o jornal de Turim, Tuttosport, titula "Ronaldo show: faz dois golos e a Juve voa". Aliás, este diário desportivo diz mesmo que o primeiro golo com a camisola da Vecchia Signora "vai entrar no museu do Funchal" de CR7, "não por ser o mais belo, mas porque é o primeiro desta sua nova vida". Este jornal destaca ainda outro português, João Cancelo, que diz estar "está a melhorar de forma impressionante".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG