Nápoles empata e adia festa a Ronaldo e companhia

Equipa de Mário Rui empatou (1-1) com o Génova de Miguel Veloso e Pedro Pereira na 31.ª jornada do Calcio.

O Nápoles empatou este domingo (1-1), frente ao Génova, em jogo da 31.ª jornada da Serie A italiana, adiando a festa do título da Juventus... , pelo menos por mais uma semana.

Em caso de derrota no Estádio San Paolo os napolitanos ajudavam a vecchia signora de Cristiano Ronaldo e João Cancelo a celebrar mais um campeonato, quando faltam ainda sete jornadas para o final do Calcio. O Nápoles de Mário Rui (lateral português jogou o último quarto de hora) adiantou-se no marcador por Dries Mertens (36'), mas viu depois Darko Lazovic empatar ainda antes do intervalo´para o Génova de Miguel Veloso e Pedro Pereira.

Com este resultado, o Nápoles soma 64 pontos, menos 20 do que a Juventus, que está a um ponto de um inédito oitavo scudetto seguido.

Inter e Lazio empatam

Inter e Atalanta empataram a zero este domingo. O português João Mário não saiu do banco de suplentes, num jogo em que Cédric. O Inter impediu assim a aproximação da Atalanta , já o clube de Gasperini perdeu a oportunidade de fugir ao Milan e subir aos lugares de Champions.

A Lazio foi surpreendida pelo Sassuolo, em casa, com um empate a duas bolas. Immobile inaugurou o marcador aos 53", mas viu Rogério restabelecer a igualdade logo depois. Berardi finalizou uma boa jogada de contra-ataque a um minuto dos 90' e Lulic empatou num lance de insistência aos 90+5".

A Fiorentina continua a série negativa de oito jogos sem vencer -- sete para o campeonato --, com derrota caseira (1-0) frente ao Frosinone, penúltimo, e que conquistou o segundo êxito consecutivo, ainda assim a cinco pontos da salvação.

A Udinese recuperou de duas desvantagens para se impor 3-2 ao Empoli, apesar de ter jogado em inferioridade numérica desde os 63 minutos, altura em que já vigorava este resultado.

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.