Nadador Kenneth To morre aos 26 anos após indisposição

O atleta estava a preparar participação nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 em representação de Hong Kong

O nadador Kenneth To, vencedor de uma medalha de prata pela Austrália nos Mundiais de 2013, morreu esta terça-feira, aos 26 anos, depois de ter-se sentido indisposto durante um treino, na Florida (Estados Unidos).

"[To] sentiu-se mal num treino e foi levado para o hospital, onde, infelizmente, faleceu", informou o Instituto do Desporto de Hong Kong, de onde o nadador era natural e que foi autorizado a representar nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, para os quais estava a treinar.

Antes daquela alteração, To, cuja causa da morte está a ser investigada, ganhou seis medalhas pela Austrália nos Jogos Olímpicos da Juventude de 2010.

Exclusivos

Premium

Alentejo

Clínicos gerais mantêm a urgência de pediatria aberta. "É como ir ao mecânico ali à igreja"

No hospital de Santiago do Cacém só há um pediatra no quadro e em idade de reforma. As urgências são asseguradas por este, um tarefeiro, clínicos gerais e médicos sem especialidade. Quando não estão, os doentes têm de fazer cem quilómetros para se dirigirem a outra unidade de saúde. O Alentejo é a região do país com menos pediatras, 38, segundo dados do ministério da Saúde, que desde o início do ano já gastou mais de 800 mil euros em tarefeiros para a pediatria.