Motocilista de 40 anos morre após despiste no Autódromo do Estoril

Sérgio Leitão chegou ainda com vida ao Hospital de Cascais mas não resistiu aos ferimentos
​​

Sérgio Leitão, motociclista português de 40 anos, faleceu esta tarde em Cascais depois de se ter despistado no Autódromo do Estoril quando competia no Campeonato Nacional de Velocidade.

O piloto despistou-se pelas 15.20 tendo sido socorrido de imediato por uma equipa de bombeiros de Alcabideche e os médicos presentes, por imperativo da competição. Chegou com vida ao Hospital de Cascais mas não resistiu aos ferimentos sofridos em pista.

"Logo após o acidente foram acionados todos os meios habituais neste tipo de situações. A equipa de comissários e a equipa médica cumpriram com o seu trabalho e o piloto foi evacuado assim que as operações de estabilização terminaram. Infelizmente veio a falecer já no hospital e após uma reunião com todos os elementos do júri foi decidido cancelar o restante evento", disse António Lima, presidente do Motor Clube do Estoril, ao site da Federação Motociclismo de Portugal

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG