Morreu Teresa Machado, a melhor lançadora portuguesa de sempre

Teresa Machado tinha 50 anos e morreu vítima de uma doença oncológica. Foi atleta do Sporting e tinha ainda o recorde nacional de lançamento de disco.

Teresa Machado, ex-atleta do Sporting e melhor lançadora portuguesa de todos os tempos, tendo competido nas variantes de peso e de disco, morreu, aos 50 anos, vítima de doença oncológica.

A nível nacional foi uma atleta de eleição, tendo somado vários recordes nacionais, no disco como no peso, e representou Portugal em Jogos Olímpicos, Campeonato do Mundo e da Europa.

A carreira de Teresa Machado - natural de Ílhavo, Aveiro - no atletismo começou no Clube dos Galitos de Aveiro, mas mudou-se depois para o Sporting, clube que representou entre 1986 e 2003, com um breve intervalo em 1992, e ao serviço do qual alcançou os melhores resultados da sua carreira. Representou ainda o Operário dos Açores e o FC Porto.

O clube de Alvalade reagiu no Facebook, com uma mensagem de condolências: "O Sporting Clube de Portugal manifesta o seu pesar pela morte de Teresa Machado, atleta de excelência, melhor lançadora portuguesa de todos os tempos, que ganhou tudo quanto havia para ganhar em Portugal e acumulou recordes, tanto no disco como no peso, além de ter representado Portugal nos Jogos Olímpicos e Campeonato do Mundo. À família e amigos, o Sporting Clube de Portugal endereça as mais sentidas condolências."

Teresa Machado é a detentora do recorde nacional do lançamento do disco, com 65,40 metros, marca alcançada em maio de 1998.

Em Mundiais, o seu melhor resultado foi o sexto lugar, em Atenas/1997. Nos Europeus conseguiu a sétima posição em Munique/2002.

A atleta participou em quatro edições dos Jogos Olímpicos, com o melhor resultado a ser um décimo posto em Atlanta/1996. Foi dez vezes campeã nacional do lançamento do peso e 18 vezes campeã nacional do lançamento do disco.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG