Mike Teunissen ganha vantagem na frente após contrarrlógio por equipas

A Jumbo-Visma foi a equipa mais rápida da tirada disputada em Bruxelas. A camisola amarela mantém no ciclista holandês, agora com 10 segundos de vantagem.

A Jumbo-Visma venceu este domingo a segunda etapa da Volta à França em bicicleta, um contrarrelógio por equipas disputado em Bruxelas, resultado que permitiu ao seu corredor holandês Mike Teunissen conservar a camisola amarela.

O contrarrelógio de 27,6 quilómetros foi cumprido pela equipa holandesa em 28.58 minutos, 20 segundos mais rápida do que os britânicos da INEOS, equipa que integra Geraint Thomas, o vencedor do Tour 2018.

Este resultado permitiu ao holandês Mike Teunissen (Jumbo-Visma) ter uma bonificação de dez segundos, alargando assim a vantagem na liderança da prova, sobre os companheiros de equipa Wout van Aert e Steven Kruijswijk.

Na classificação geral, o melhor português é José Gonçalves no 29.º lugar, com mais 40 segundos que o camisola amarela, enquanto Rui Costa ocupa o 91.ª posição e e Nélson Oliveira está no 100.º posto, ambos 1,13 minutos.

Esta segunda-feira, após dois dias em Bruxelas, o pelotão vai entrar em França para cumprir a terceira etapa, um traçado de 215 quilómetros que vai ligar Binche, na Bélgica, a Épernay, França.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG