Arouca ficou sem treinador

Segundo despedimento na II Liga, depois da saída de Eurico Gomes do Cova da Piedade. Miguel Leal não resistiu à queda para o último lugar da tabela, na sequência da derrota caseira com o Sporting de Braga.

O treinador Miguel Leal deixou o comando técnico do Arouca, anunciou nesta quarta-feira o último classificado da II Liga de futebol, após cerca de um ano e meio no emblema aveirense.

A derrota caseira frente ao Sporting de Braga B, por 2-0, no sábado, em jogo da quinta jornada do campeonato, deixou o clube no 18.º e último lugar, com três pontos, após quatro desaires consecutivos.

O treinador ainda orientou o treino de terça-feira, mas nesta quarta-feira, em reunião com a direção liderada com Carlos Pinho, foi acordada a rescisão amigável do contrato que terminava em junho de 2019.

Miguel Leal, de 53 anos, chegou ao Arouca em setembro do último ano, tendo conseguido levar a equipa a terminar a II Liga na sexta posição, com 59 pontos.

O técnico deixa agora o clube após cinco jornadas, protagonizando a segunda chicotada psicológica no campeonato depois da saída de Eurico Gomes do Cova da Piedade.

Exclusivos