McGregor perdeu combate e pancadaria continuou depois do último round

A confusão terminou com treinadores e restantes equipas escoltados pela polícia para fora da arena

No regresso de Conor McGregor às artes marciais, foi o russo Khabib Nurmagomedov a vencer o combate, mas a pancadaria continuou depois do último round.

Após ganhar a McGregor aos 3 minutos do quarto round, em Las Vegas, Nurmagomedov comemorou com gritos na cara do irlandês e teve de ser separado pelo árbitro Herb Dean. A animosidade estendeu-se às equipas dos atletas, que começaram à pancada, obrigando à intervenção dos seguranças da T-Mobile Arena e da polícia.

A confusão terminou com treinadores e restantes equipas escoltados pela polícia para fora da arena. E Nurmagomedov nem sequer recebeu o cinturão, já que o presidente da UFC, Dana White, optou por não o entregar.

O lutador irlandês de 30 anos, que nos últimos anos se envolveu em várias polémicas, tinha pedido o cinturão de campeão de pesos leves em fevereiro, por inatividade. O facto de não ter feito qualquer combate desde que venceu Eddie Alvarez em novembro de 2016, levou a organização do UFC a retira-lhe o cinturão, que ficou na posse de Khabib Nurmagomedov, depois de o russo ter ganho uma luta ao norte-americano Tony Ferguson em abril.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG